Tag Archives: EDP

  • Novo imposto vai ser quase todo pago pela EDP

    Eléctrica tem cerca de 80% da capacidade afectada pela taxa

    A contribuição extraordinária sobre as centrais eléctricas vai ser, no essencial, paga pela EDP que controla pelo menos 80% da capacidade que é abrangida. Ou seja, dos cem milhões de euros de receitas que o governo espera encaixar em 2014 com este imposto, até 80 milhões de euros podem vir dos cofres da eléctrica. E não há nesta altura qualquer garantia de que a taxa extraordinária seja apenas cobrada no próximo ano. O ministro Moreira da Silva deixou em aberto a possibilidade de continuar.

    A EDP tem a maioria das unidades de produção portuguesas, mas a sua quota de mercado é mais relevante em duas das tecnologias afectadas pelo novo imposto. A EDP controla quase na totalidade a exploração das grandes hídricas (com excepção da Aguieira cedida à Iberdrola) e tem mais de 65% da capacidade de geração a carvão. A sua quota é mais baixa na cogeração, mas o peso desta tecnologia na produção global é mais reduzido e o imposto só vai incidir sobre as grandes unidades de cogeração – o governo ainda não revelou qual a dimensão afectada. A taxa deverá ser aplicada em função da capacidade e, segundo informação divulgada na sexta–feira, deixa de fora as centrais de ciclo combinado (a gás natural), onde a quota da EDP é menor.