Tag Archives: CRC SP

  • A era do Sped onde tudo é digital

    Segundo o delegado do CRC SP em Americana, Valmir Frizzarin, apesar do Sped (Sistema Público de Escrituração Digital) ser um tema debatido há alguns anos, ainda são muitas as dúvidas de empresários e Profissionais da Contabilidade em relação à eficácia da fiscalização do sistema. Pensando nisso, Valmir conversou com o CRC SP Online sobre o assunto, esclareceu os objetivos do governo e falou sobre a conscientização desses dois públicos que devem aceitar e acreditar nessa mudança: o fim da papelada com a chegada da era digital.

    O que é Sped?

    Nos últimos anos, uma nova sigla incorporou-se ao glossário dos empresários e Profissionais da Contabilidade. E chegou para ficar. A sigla quer dizer Sistema Público de Escrituração Digital e refere-se a um projeto que prevê que os livros e documentos contábeis e fiscais serão emitidos de forma eletrônica. Devido ao seu rápido desenvolvimento, o Sped ainda gera dúvidas em grande parte das empresas, principalmente nas pequenas e médias companhias.

    É um avanço na informatização da relação entre o Fisco e os contribuintes?

    Exatamente. Consiste na modernização da sistemática do cumprimento das obrigações acessórias, transmitidas pelos contribuintes às administrações tributárias e aos órgãos fiscalizadores.

    Um decreto oficializa a criação do sistema?

    Sim, o Decreto nº 6.022/2007, de 22 de janeiro de 2007.

    Qual o objetivo do governo?

    Centralizar informações cadastrais, modernizar, organizar-se em sistemas de fiscalização com intuito de combater a informalidade. O Sped é o instrumento que unifica as atividades de recepção, validação, armazenamento e autenticação de livros e documentos que integram a escrituração comercial e fiscal dos empresários e das sociedades empresárias, mediante fluxo único, computadorizado, de informações.

  • Empreendedorismo e governo se unem para impulsionar MPES em São Paulo

    Agenda estadual em favor dos pequenos negócios do Estado é destaque em audiência entre o secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Estado de São Paulo, Rodrigo Garcia, e representantes de entidades do segmento produtivo e integrantes da Frente Parlamentar do Empreendedorismo e Combate à Guerra Fiscal da ALESP

    O SESCON-SP se uniu a entidades como ACSP, Faesp, Facesp, FecomercioSP, Fesesp, Fiesp e CRC SP, além da FREPEM, no encontro realizado no dia 31 de outubro e que teve como objetivo o apoio e a integração das ações com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, visando a melhoria do ambiente para os pequenos empreendimentos no Estado, com iniciativas focadas na desburocratização e de incentivo ao segmento.

    Durante a reunião, o deputado estadual Itamar Borges, presidente da Frente, elencou alguns temas que já têm sido trabalhados pelo grupo, hoje composto por 41 instituições e 26 parlamentares, falou do papel relevante da Secretaria e de suas subsecretarias e coordenadorias para o empreendedorismo, além de propor a soma de esforços e a atuação conjunta com o intuito de potencializar e concretizar as iniciativas em favor das micros e pequenas empresas.

  • Entidades contábeis apoiam sistema de simplificação de abertura de empresas em sp

    Desde o último dia 21 de outubro, está disponível para todos os municípios paulistas o Módulo Estadual de Licenciamento do Via Rápida Empresa, projeto idealizado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, em parceria com a Subsecretaria de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa e a Junta Comercial do Estado de São Paulo, que visa facilitar a vida dos paulistas que querem abrir uma empresa de baixo risco.

  • Contabilidade ganha novo status nas empresas

    A demanda por auditores e contadores vem crescendo nos últimos tempos. Na consultoria de recrutamento Robert Half, a procura cresceu 30% no primeiro semestre na comparação com o mesmo período de 2008.
    “A procura está forte não apenas por contadores, mas por pessoas com conhecimento na área para ocupar outras posições”, diz Sócrates Melo, especialista em recrutamento para Finanças e Contabilidade da Robert Half. Ele diz que o mercado procura um perfil mais comunicativo para esse profissional. “Hoje, o profissional está na linha de frente e ajuda na tomada de decisões das empresas.”