Tag Archives: CDE

  • Resultado fiscal de 2013 pressiona contas em 2014

    O resultado fiscal de 2013 deixou contas para 2014, que vão aparecer especialmente nos primeiros meses do ano e devem pressionar negativamente as expectativas em torno da política fiscal brasileira. Além do volume de despesas postergadas nos últimos dias de dezembro de 2013 para janeiro deste ano, o governo terá que aumentar as transferências para Estados e municípios com a divisão obrigatória dos recursos das receitas dos débitos tributários pagos nos programas de parcelamento (Refis). O repasse de R$ 1,95 bilhão como compensação da Lei Kandir para os governos regionais exportadores também ficou para 2014.

    “A diferença do início de 2011, quando víamos o começo ruim de um ano bom, hoje veremos o começo ruim de um ano pior”, avalia o economista-chefe da corretora Tullett Prebon, Fernando Montero. Para o especialista, o resultado das contas de Tesouro Nacional acentuará o retrato pouco animador para a política fiscal em janeiro com a “herança” dos pagamentos não feitos no final do ano passado. “Poucos dias após o ministro Mantega antecipar um superávit próximo de R$ 75 bilhões em 2013, já proliferam as evidências que o governo em dezembro jogou despesas e repasses para janeiro”, avalia.