BPO Fiscal

topBPO
O BPO Fiscal da NFe do Brasil foi desenvolvido para melhorar a qualidade dos processos de negócios dos clientes, por meio de uma tecnologia de ponta, com profissionais especializados em inteligência fiscal eletrônica, conhecimento técnico operacional e experiência nos mais variados segmentos de mercado.

Atende a demanda e o aumento de produtividade da área financeira fiscal e contábil, melhora a qualidade e a competitividade no mercado, assim como reduz custos operacionais das empresas. Trata-se da execução de um processo de negócio que não faz parte do core business da organização.

O serviço responde de forma efetiva todas as obrigações e atualizações tributárias brasileiras, com processos para instituir e cobrar tributos, além de realizar uma gestão eficiente da carga tributária inserida em toda a cadeia de produção, consumo, renda e patrimônio das empresas.

Por que implementar?

Com o SPED (Sistema Público de Escrituração Digital) houve um aumento de demandas e preocupação das companhias, já que o acesso digital além de otimizar os processos de tributação, também facilitou a fraudes, podendo gerar multas elevadas às empresas.

As ferramentas digitais auxiliam o domínio dessa complexidade de gestão. Além disso, o Fisco também está munido de soluções que, com técnicas e tecnologia, promovem o cruzamento de dados e o compartilhamento de informações entre todas as esferas da fiscalização.

Algumas das razões que justificam a adesão ao BPO são:

  • Manter o foco no próprio negócio – Core Business;
  • Melhoria nos processos de negócio, aumento de produtividade, qualidade na entrega, sinergia entre departamentos, otimizando recursos e custos operacionais;
  • Diminuição do risco operacional, por falta ou descumprimento das obrigações, já que a responsabilidade do processo fiscal, contábil e tributário passa à NFe do Brasil, reduzindo assim o risco fiscal e de multas;
  • Compliance Fiscal, o cliente regulariza a situação junto ao Fisco e consequentemente elimina multas por não atendimento às obrigações, padronizando os processos de BackOffice;
  • Garantia de recursos qualificados e especializados, como: TI (SAP), Infraestrutura, Segurança, Projetos, Tributaristas, Contadores, entre outros. Melhor a eficiência operacional e aumenta os controles internos, por meio da centralização das informações;
  • Transformação das despesas fixas em custos variáveis, liberando verba para outros investimentos.
Benefícios

Benefícios estratégicos para sua organização

  • Conhecimento;
  • Tecnologia de ponta;
  • Constantes atualizações legislativas;
  • Auditoria Fiscal;
  • Custódia de dados;
  • Segurança;
  • Call Center especializado;
  • Suporte Técnico 24 X 7 x 360;
Como funciona?

Os serviços de BPO Fiscal da NFe do Brasil englobam as atividades críticas do departamento fiscal da empresa, sendo customizada a cada necessidade de terceirização dos serviços, parcial ou operação fiscal total.

Com a centralização e recepção das movimentações de entrada e saída de notas fiscais, assim como levantamento do modelo de negócio e parametrização de solução internamente, a solução possibilita gerar arquivos (obrigações acessórias) para os diversos modelos de empresas.

Opções disponíveis

Os serviços incluem:

  • Emissão e recebimento de Nota Fiscal Eletrônica de Produto;
  • Emissão de Nota Fiscal Eletrônica de Serviço;
  • Emissão de Nota Fiscal em Formulário Contínuo;
  • Emissão de Nota Fiscal em Bloco de Notas;
  • Confecção de Livros Fiscais;
  • Escrituração Fiscal Digital;
  • Escrituração Fiscal Digital do PIS/COFINS;
  • Escrituração Contábil Digital;
  • Confecção e envio de arquivos referentes a IN86 e IN1052;
  • Validações de Dados e Consistências;
  • Auditoria de Informações.

As informações devem estar corretamente escrituradas e registradas para atendar às exigências do fisco com excelência. Isso porque, as empresas devem garantir que as informações apuradas e recolhidas estejam sem inconsistência para a transmissão ao sistema fiscal do governo.

O BPO Fiscal é uma solução abrangente e certificadora da qualidade dos dados, para que as informações transmitidas ao fisco estejam corretas e de acordo com as especificações do cliente.