Receita: lojas de SP teriam sonegado R$ 100 mi

Com o cruzamento de dados, verificou-se que empresas declaravam faturamento corretamente para um órgão, mas sonegavam para outro

Uma operação de combate à sonegação em administradoras de shopping centers foi deflagrada pela Receita Federal e Receita Municipal de São Paulo. A ação, que começou nesta quarta-feira, é uma operação conjunta inédita que envolverá ações de fiscalização em 12 empresas que sonegariam tributos, juros e multas. A previsão é que o valor supere os R$ 100 milhões.

Com o cruzamento de dados entre as Receitas, verificou-se que algumas empresas declaravam seu faturamento corretamente para um órgão, mas sonegavam informações para o outro. Outras apresentavam informações distorcidas para ambos.

Os valores que deixaram de ser recolhidos serão objeto de autos de infração, nos quais serão cobrados, além dos tributos, juros e multa, que pode chegar a 225% do valor total que deixou de ser recolhido.

Além disso, nos casos em que existirem indícios de ocorrência de ilícitos penais, serão encaminhadas representações fiscais ao Ministério Público. Por fim, será verificado, em cada caso, o cabimento de eventuais procedimentos para garantia do crédito constituído, incluindo o arrolamento de bens e direitos do contribuinte.

Fonte: Site Band

Posted in: