Contribuintes do Mato Grosso recebem informações do Fisco via SMS

O serviço de mensagem instantânea (SMS) começou a ser adotado pela Secretaria de Fazenda do Mato Grosso para informar sobre movimentações e registros de contribuintes no sistema do Conta Corrente Fiscal (CCF).

Ativo desde agosto, o serviço envia mensagem para o celular do contribuinte e seus representantes a fim de orientar e informar a respeito de vencimentos, existência de contratos de parcelamentos e valores registrados na conta corrente fiscal da empresa e/ou do empresário.
Segundo Ana Paula Miraglia, gerente do Conta Corrente Fiscal da Secretaria de Fazenda, esse serviço já estava previsto na nova versão do sistema CCF, porém, alguns ajustes foram feitos para a efetiva implementação.

“O serviço de mensagens SMS, apesar de já estar sendo utilizado em outros atendimentos da Secretaria de Fazenda, é uma novidade para o Conta Corrente Fiscal, já que permitirá ao empresário uma melhor gestão e acompanhamento das movimentações e dos registros de sua empresa”, explica.

Com a sua implantação, a Secretaria de Fazenda informará em tempo real aos contribuintes e contabilistas a existência de novos registros de débitos, contratos de parcelamentos, vencimentos dos impostos e das parcelas, alterações de status do débito no CCF.

A ideia é que os contribuintes tomem conhecimento antecipado dos prazos e não percam o vencimento, o que implicaria em pagamento de juros, multa e correção monetária. Trata-se, também, de uma forma de evitar que o contribuinte seja surpreendido na logística de seu negócio.

No primeiro mês do serviço foram enviadas 679 mensagens, informando antecipadamente aos contribuintes sobre o vencimento de contratos de parcelamento.

Já neste mês de setembro, foram enviadas até o momento 537 mensagens informando quanto ao registro de novos débitos no CCF, e os respectivos vencimentos.

As primeiras mensagens estão servindo como um piloto, com o objetivo de manter o contribuinte informado, abrindo ainda a oportunidade de opiniões dos usuários pela melhoria e qualidade do serviço, avalia José Carlos Bezzera Lima, superintendente de Análise da Receita Pública da Secretaria de Fazenda.

“Importante informar que quanto maior a qualidade do cadastro do contribuinte, mais eficiência terá o serviço prestado. Isso implica em dizer que é fundamental aos empresários, prepostos e contabilistas manterem atualizados os números de telefones celulares na base do cadastro fazendário”, afirma.

Uma outra questão, acrescenta, é que diante da necessidade de preservação do sigilo das informações fiscais do contribuinte em razão de desatualização de alguma informação de telefones celulares, as mensagens enviadas são apenas indicativas e orientadoras, não carregando todo o conteúdo informativo.

“As mensagens remetem a uma consulta ao sistema do CCF, onde serão feitas as leituras mais detalhadas da comunicação enviada”, acrescenta o superintendente.

Fonte: TI Inside

Posted in:

Deixe uma resposta