Em Goiás, volume de emissão de NF-e cresce 14% no primeiro semestre

O sistema de emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) terá mudanças, as quais serão submetidas a testes durante outubro, com entrada em vigor a partir de novembro, informa a Secretaria da Fazenda de Goiás.

Segundo Antonio Godoi, coordenador de Documentários Fiscais da Gerência de Informações Econômico-Fiscais (Gief), serão implementadas alterações que interessam ao contribuinte no momento de preenchimento do documento fiscal.

Dentre as alterações destacam-se o maior controle nas operações realizadas com combustível; validação de operações envolvendo a Zona Franca de Manaus; compatibilização de regras de validação da NF-e com a Escrituração Fiscal Digital (EFD).

Um levantamento da Gief revelou que houve uma aumento de 14% na emissão de NF-e no primeiro semestre em comparação ao período de julho a dezembro do ano passado.

O índice representa um acréscimo em torno de  4 milhões de documentos fiscais emitidos a mais pelos contribuintes goianos. No Estado, 36.787 contribuintes já emitem a NF-e.

O total de notas fiscais eletrônicas emitidas no período foi 33 milhões de documentos de segmentos econômicos como indústria, comércio, atacadistas dentre outros.

Fonte: TI Inside

Posted in:

Deixe uma resposta