Mais de 1,3 milhão de empresas se adequaram ao programa da Caixa

A Caixa Econômica Federal reitera que as empresas com mais de dez funcionários vinculados têm até o final de junho para se adequar ao canal Conectividade Social ICP, que exige o uso de certificação digital padrão ICP-Brasil.

Após essa data, não será mais permitido o acesso ao programa com os atuais certificados em disquete para realizar operações com a Caixa, via internet, relacionadas com o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e com o repasse de informações à Previdência Social.

Segundo a Caixa, até o momento, mais de 1,3 milhão de empresas já cumpriram a determinação, beneficiando mais de 26 milhões de trabalhadores.

Para empresas com mais de 500 empregados, a vigência de seus certificados em disquete expirou em 31 de maio. Para as que possuem entre 11 e 500 empregados, os certificados terão vigência até 30 de junho.

Atualmente, 35,5 milhões de trabalhadores recebem depósitos mensais em contas vinculadas ao FGTS, que conta com ativo de mais de R$ 300 bilhões.

Essa movimentação possibilita saques de aproximadamente 2,5 milhões de empregados por mês, o que exige modernização do sistema e toda a segurança possível.

A Caixa informa que a competência 06/2012, devida em 06 de julho, já deverá ser transmitida por meio do novo Conectividade Social ICP pelas empresas que apresentam mais de dez empregados vinculados.

As empresas que ainda não providenciaram seu novo certificado ICP-Brasil devem procurar, o mais rápido possível, a Autoridade Certificadora (AC) de sua preferência, obter seu certificado e providenciar, em seguida, o seu registro no canal, evitando eventuais transtornos próximos ao fim do prazo.

Fonte: TI Inside

Posted in:

Deixe uma resposta