Acesso ao programa com certificado digital ICP-Brasil começa no sábado, 30

O uso de certificado digital padrão ICP-Brasil será obrigatório para acessar o programa Conectividade Social, da Caixa Econômica Federal, a partir de sábado, 30.

As empresas que ainda não se adequaram à exigência devem se apressar e migrar para a nova versão do canal eletrônico de relacionamento porque, após a data estipulada, haverá a desativação do antigo programa CNS e do acesso Conexão Segura.

“A partir daí, toda a comunicação com o FGTS e com a Previdência Social será pelo novo canal, mediante o uso de certificado digital no padrão ICP-Brasil”, frisa Anderson Pereira dos Santos, consultor trabalhista da Confirp Contabilidade.

Segundo ele, as empresas necessitam de especial atenção, pois o aplicativo e seu certificado são obrigatórios para recolher o FGTS e para o envio da GFIP (Guia de Informações do FGTS e à Previdência Social).

O aplicativo serve, também, para receber comunicados genéricos da Caixa com relação ao FGTS e, também, para envio de informações do Aplicativo GRRF (Guia de Recolhimento Rescisório do FGTS), via internet.

Além disso, permite a realização de consulta de saldos do FGTS, informa o desligamento de trabalhadores, retifica informações e emite procuração eletrônica.

De acordo com a Caixa, com estas mudanças o empregador ou escritório de contabilidade podem conceder procurações eletrônicas aos seus próprios empregados, para que realizem as operações no canal com utilização de seus próprios certificados de pessoa física. Isto reforça a segurança e facilita o acompanhamento do empregador.

“A adoção da certificação digital ICP-Brasil pelo Conectividade Social é muito importante, possibilitando as facilidades da internet com a segurança e a validade jurídica que essas operações requerem”, explica Santos.

Fonte: TI Inside

Posted in:

Deixe uma resposta