Começa a contagem regressiva para a transmissão da EFD do PIS/Cofins

As empresas tributadas com base no regime do Lucro Real têm até o dia 14 para transmitir à Receita Federal a Escrituração Fiscal Digital (EFD) do PIS/Cofins, cujos arquivos devem conter informações relativas aos fatos geradores ocorridos a partir de janeiro deste ano.

“As organizações que não entregarem até o prazo determinado serão multadas em R$ 5 mil por mês-calendário ou fração”, alerta Reinaldo Mendes Jr., presidente da Easy-Way do Brasil, especializada em soluções tributárias.

As instituições financeiras, seguradoras, entidades de previdência, companhias de capitalização, empresas que exploram serviços de vigilância e de transporte de valores e as empresas optantes pelo Lucro Presumido terão que apresentar a EFD do PIS/Cofins (com dados gerados a partir de julho deste ano) em setembro.

“Uma regra que se aplica tanto para as empresas de Lucro Real, Presumido ou Arbitrado, é seguir os prazos de entrega sempre no 10° dia útil do segundo mês subsequente ao de ocorrência dos fatos geradores”, enfatiza Mendes.

A entrega dos arquivos contendo os fatos geradores referentes aos meses de abril a dezembro de 2011 é facultativa. Desta forma, seguindo as novas regras, não será aplicada multa para quem não apresentar a documentação deste período.

Para cumprir os prazos de entrega, é preciso que as organizações estejam sempre atentas ao seu período correspondente, reforça o executivo da Easy-Way.

“Outra dica importante, que facilita no cumprimento (da exigência), é estar com as informações e dados em ordem, consolidados de forma clara e atualizada”, completa.

Para auxiliar as empresas no cumprimento dessa obrigação acessória, considerada uma das mais complexas por causa do volume de dados que precisam ser consolidados, a Easy-Way oferece a solução Easy-ePis/Cofins.

Trata-se, segundo Mendes, de uma ferramenta de geração do arquivo e de cálculo, conferência e apuração de PIS/Pasep e Cofins.

FONTE: TI INSIDE

Posted in:

Deixe uma resposta