Foram concedidos 45 dias para empresas prestadoras de serviços se regularizarem com a Semre

Foi prorrogado o prazo para as 16.771 empresas prestadoras de serviço de Campo Grande se regularizar junto à Secretaria Municipal de Receita (Semre) para emissão da nota fiscal eletrônica.

O prazo que antes era ate 15 de fevereiro foi adiado após negociação com a Associação Comercial e Industrial de Campo Grande (ACICG) para 30 de março.

No último dia 8 de fevereiro foi realizada uma reunião onde estiveram presentes representantes do Sescon/MS, da ACICG e do Conselho Regional de Contabilidade e na ocasião ficou decidido a prorrogação do prazo.

De acordo com a ACICG os quatro editais contendo as novas orientações serão publicados nos dias 13 e 14 deste mês.Vencido o prazo, a prefeitura informa que quem não atender a convocação, terá a inscrição suspensa e, em uma etapa seguinte, abre-se o processo específico para cancelar as inscrições.

Além disso, estarão sujeitos à multa de R$ 585,00.   Segundo informação da prefeitura, do total de 16.771 notificações, 11.148 são prestadores de serviços que não credenciaram e não têm registro de nota fiscal no cadastro, 4.637 não se credenciaram, porém têm registro de emissão de nota fiscal junto à Semre e não devolveram o talão impresso.

Há, ainda, 986 listados no edital que fizeram o credenciamento, já até emitem nota fiscal eletrônica, mas não devolveram o talão de nota fiscal impresso.

FONTE: CAPITAL NEWS

Posted in:

Deixe uma resposta