Modelo de certificação digital adotado no Brasil será apresentado no México

A experiência brasileira com certificação digital será apresentada durante

7º Congresso Mundial das Câmaras, que acontecerá entre os dias 8 e 10, no México.

A Certisign e Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB) participarão do evento, que deve atrair 7º Congresso Mundial das Câmaras líderes empresariais e representantes de vários setores nacionais e do exterior.

A empresa e a entidade pretendem abordar os avanços tecnológicos obtidos pelo Brasil na integração de sistemas, mecanismos e legislação, criados especificamente para oferecer respaldo às empresas.

E vão aproveitar a participação no evento para promover ações específicas para disseminar o uso da certificação digital.

No Brasil, a certificação digital é regulamentada pelo Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI), órgão ligado diretamente ao Ministério da Casa Civil.

Dentre os principais benefícios de sua adoção estão a garantia de autenticação, veracidade e inviolabilidade das informações que trafegam via internet.

Outra vantagem é o respaldo jurídico vigente na legislação brasileira, ou seja se houver necessidade de recorrer à justiça por algum motivo, o empresário pode utilizar seu e-mail, ou documento que tenha sido assinado digitalmente, como ferramenta de defesa.

A CACB e a Certisign atuam como parceiras na área de certificação digitalt.

Na condição de Autoridade Certificadora (AC), habilitada pelo ITI e credenciada pela ICP-Brasil, a Certisign é responsável pela tecnologia e administração dos certificados emitidos.

A empresa, com sede em São Paulo, possui mais de 500 pontos de atendimento distribuídos pelo país e já alcançou mais de 2,3 milhões de emissões de certificados.

A CACB por sua vez, disponibiliza, em parceria com as associações comerciais, estrutura e postos de atendimentos para a validação dos certificados.

A entidade representa 27 federações que reúnem mais de 2.300 associações comerciais e empresariais no País. Conta com mais de dois milhões de empresários, que representam todos os setores da economia.

Fonte: TI Inside

Posted in:

Deixe uma resposta