Cronograma de entrega trimestral da CBE já está definido

O Banco Central definiu o calendário de entrega da declaração de Capitais Brasileiros no Exterior (CBE).

Obrigatória para as pessoas físicas ou jurídicas residentes, domiciliadas ou com sede no Brasil, que têm bens e valores no exterior superiores a US$ 100 milhões, a CBE tem periodicidade trimestral.

De acordo com a Circular nº 3.543, publicada na edição de 27 de junho do Diário Oficial, a CBE deve ser apresentada nos seguintes períodos:

1- De 1º a 29 de julho, com informações referentes à data-base de 31 de março deste ano;
2- De 1º a 30 de setembro, com dados referentes à data-base de 30 de junho de 2011;
3- De 1º a 30 de dezembro, com informações relativas à data-base de 30 de setembro deste ano.

A declaração pode ser preenchida online, na página do Banco Central na internet (www.bcb.gov.br).

Quem perder o prazo ou apresentar a CBE com inconsistências poderá ser penalizado com a aplicação de multas, que podem chegar a R$ 250 mil.

Fonte: TI Inside

O Banco Central definiu o calendário de entrega da declaração de Capitais Brasileiros no Exterior (CBE).
Obrigatória para as pessoas físicas ou jurídicas residentes, domiciliadas ou com sede no Brasil, que têm bens e valores no exterior superiores a US$ 100 milhões, a CBE tem periodicidade trimestral.
De acordo com a Circular nº 3.543, publicada na edição de 27 de junho do Diário Oficial, a CBE deve ser apresentada nos seguintes períodos:
1- De 1º a 29 de julho, com informações referentes à data-base de 31 de março deste ano;
2- De 1º a 30 de setembro, com dados referentes à data-base de 30 de junho de 2011;
3- De 1º a 30 de dezembro, com informações relativas à data-base de 30 de setembro deste ano.
A declaração pode ser preenchida online, na página do Banco Central na internet (www.bcb.gov.br).
Quem perder o prazo ou apresentar a CBE com inconsistências poderá ser penalizado com a aplicação de multas, que podem chegar a R$ 250 mil.
Posted in:

Deixe uma resposta