Arrecadação tributária de Goiás cresce 23% no primeiro quadrimestre do ano

A arrecadação tributária de Goiás nos primeiros quatro meses de 2011 somou R$ 3,4 bilhões, representando um crescimento de 23,22% em relação aos R$ 2,7 bilhões apurados no mesmo período do ano passado.

O montante contempla o que entrou nos cofres do Estado em ICMS, IPVA, ITCD (Imposto de Transmissão Causa Mortis e Doação) e outros tributos, informa a Secretaria da Fazenda.

A receita líquida no período foi de R$ 2,6 bilhões e as despesas somaram R$ 2,8 bilhões. O déficit de R$ 196 milhões gerado no período foi financiado pelos recursos do Recuperar (Programa de Recuperação de Créditos da Fazenda Pública Estadual) e antecipação de calendário fiscal de alguns contribuintes, explicou Simão Cirineu Dias, secretário da Fazenda.

A projeção é de continuidade do crescimento nos próximos meses, porém em porcentual menor do que o registrado no primeiro quadrimestre, com medidas de reforço na fiscalização e a Substituição Tributária.

A Gerência de Arrecadação e Fiscalização (Geaf), da Secretaria da Fazenda, está autuando 14.393 contribuintes de vários segmentos econômicos que não entregaram no prazo legal o arquivo magnético do Sintegra e a Declaração Periódica de Informação (DPI).

Após certificado da autuação, os contribuintes terão um prazo de até dez dias para regularizar a situação mediante a entrega dos arquivos junto à Secretaria da Fazenda.

Do contrário, o contribuinte ficará sujeito a uma nova autuação, com acréscimo de 100% sobre o valor da multa aplicada anteriormente.

Fonte: TI Inside

auditoria_sped

Posted in:

Deixe uma resposta