Fisco orienta contribuintes a fazer cópia de segurança do emissor antigo da NF-e

Os contribuintes que emitem a Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) devem ficar atentos a um detalhe importante quanto fizerem a migração para versão 2.0 do documento, a partir de sexta-feira, 1º de abril.

A numeração da NF-e deve ser alterada para a próxima numeração sequencial à última nota emitida, mantendo-se a série utilizada na versão anterior.

No Mato Grosso, a Secretaria de Fazenda recomenda que o contribuintes façam cópia de segurança dos dados da versão 1.10 do programa emissor, para facilitar os procedimentos de emissão após a migração para a versão 2.0.

Vale ressaltar que a partir do dia 1º de abril não serão mais autorizadas NF-e na versão 1.10 do programa emissor. A data inicialmente estabelecida para uso da nova versão era a partir de 1º de janeiro de 2011, mas foi prorrogada por decisão do Ato Cotepe nº 036/2010.

Na internet estão disponíveis a versão do Programa Emissor Gratuito com o lay out atualizado para a versão 2.0, a versão para testes (sem validade jurídica) e a versão para produção (com validade jurídica).

Fonte: TI Inside

contingencia_nfe

Posted in:

Deixe uma resposta