Diadema implantará sistema de nota fiscal eletrônica em maio

Diadema – A Prefeitura Municipal de Diadema deu início ontem à implementação do sistema de Nota Fiscal Eletrônica de Serviços (NFS-e), que beneficiará mais de 15 mil contribuintes, de acordo com números do município.

“O nosso sistema é semelhante ao de outras cidades que já utilizam a NFS-e, o que não vai dificultar o trabalho dos contadores”, afirma Wilson Augusto, diretor do Departamento de Rendas da Secretaria de Finanças de Diadema.

O sistema, no entanto, só estará disponível para todos os interessados a partir do dia 2 de maio. De acordo com a prefeitura, esse prazo é necessário para que haja um aprendizado dos profissionais que utilizarão a NFS-e. A prefeitura realizará encontros, a serem comunicados em breve aos presentes, para detalhar como funcionará a NFS-e. “Técnicos da prefeitura realizarão palestras para esclarecer todas as dúvidas quanto ao novo sistema”, diz Wilson.

Como funciona

A Nota Fiscal Eletrônica de Serviços é um avançado sistema eletrônico de emissão e armazenamento de nota fiscal de serviço eletrônica. Trata-se da
NFS-e da GissOnline (Sistema de Gestão do ISSQN – Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza), que passa a ser emitida pela internet.

A NFS-e é um sistema moderno que se integra com o cadastro técnico e fiscal da prefeitura. Facilita o trabalho das empresas, pois é emitida via internet, dispensa o processo de escrituração fiscal, segue as regras do Sped (Sistema Público de Escrituração Digital) e ainda pode ser enviada por e-mail para o tomador. Além de tudo isso, ainda incentiva a preservação do meio ambiente e reduz as despesas das empresas com a impressão de talonários de notas físicas.

O sistema ainda permite que o contribuinte solicite via internet a Autorização de Impressão de Documento Fiscal (AIDF) e faça consulta de autenticidade da NFS-e recebida.

Para o prefeito de Diadema, Mario Reali (PT) a adoção desse sistema de emissão de notas fiscais vai beneficiar sobretudo o contribuinte. “A Nota Fiscal Eletrônica trará agilidade e eficiêncisera às empresas e contadores, eliminará os erros de preenchimento nos documentos de arrecadação, reduzirá os custos operacionais e permitirá o envio eletrônico do arquivo para o tomador do serviço”, diz.

Fonte: DCI

auditoria_sped

Posted in:

Deixe uma resposta