Computação em nuvem está nos planos de 70% das PMEs

Cada vez mais pequenas e médias empresas (PMEs) investem em computação em nuvem. Uma recente pesquisa da IBM aponta que computação em nuvem é uma prioridade para 70% dessas companhias, sendo que muitas delas pretendem implantar a tecnologia como meio de aprimorar suas capacidades de adequação e velocidade de resposta às mudanças dos cenários de negócios.

Outro dado interessante revelado pela análise da Big Blue é que muitas PMEs estão mudando o foco de seus investimentos, com o controle de custos dando lugar à busca por crescimento. De acordo com a IBM, essa mudança se deve à recuperação da economia mundial.  O estudo mostra que mais de 60% dos entrevistados afirmaram que devem elevar os gastos com TI nos próximos entre 12 e 18 meses – em 2009, durante a crise econômica global, apenas 11% pretendiam aumentar o orçamento de TI.

Segundo a IBM, o estudo revelou também um aumento no número de empresas de médio porte que procuram por parceiros de tecnologia capazes de atender e eliminar os diversos obstáculos que impedem a adoção de cloud computing, como preocupações com segurança e disponibilidade.

Se de um lado as PMEs procuram por esses parceiros, de outro, gigantes como a própria IBM se adequam para atender às novas demandas do mercado. No Brasil, por exemplo, a Big Blue anunciou recentemente uma parceria com o UOL HostBig Blue anunciou recentemente uma parceria com o UOL Host  justamente para levar suas soluções de infraestrutura para as pequenas e médias empresas no modelo de cloud computing.

A parceria tem por objetivo expandir a oferta de softwares em sua Loja de Aplicativos e atender ao aumento da demanda por projetos de computação em nuvem previsto para os próximos anos. “Sabemos que haverá demanda, mas não sabemos estimar ao certo qual será essa procura. É difícil avaliar a demanda, mas sabemos que o mercado mundial de cloud chegará a US$ 148 bilhões de dólares em pouco tempo”, disse José Carlos Duarte, diretor de tecnologia da IBM Brasil, mencionando números do Gartner.

Fonte: Convergência Digital
auditoria_sped

Posted in:

Deixe uma resposta