Empresas abandonam planilhas tradicionais por soluções online

Quem ousou agora desfruta de benefícios como criar, atualizar e visualizar dados de negócios em tempo real, no modelo SaaS.

Até alguns anos atrás, a divisão norte-americana da companhia de manufatura Thule seria considerada uma empresa “orientada por planilhas de cálculo”. Essa é a avaliação do vice-presidente de finanças da corporação, Mark Cohen.

Segundo o executivo, a empresa mantinha uma pessoa para manter todos os dados na planilha devidamente atualizados, incluindo despesas departamentais que delineavam os custos de tocar a fábrica. “No entanto, frequentemente demorava uma semana para consolidarmos algumas informações relativas a toda a companhia. E geralmente os gerentes nunca tinham acesso à planilha final, sem todas as informações consolidadas” diz Cohen.

Esse quadro se tornou inaceitável para uma das operações da empresa, que emprega 400 pessoas na produção de produtos como racks para carros e bicicletas. “Realizar orçamentos precisos e previsões são coisas importantes para nós.

Somos uma companhia sazonal, razão pela qual precisamos ter um produto pronto para não perder a venda para o concorrente”, diz.

Frustrado, Cohen abandonou o software tradicional de planilha de dados em 2008 para migrar para uma solução no modelo de software como serviço (SaaS) da empresa norte-americana Host Analytics. Denominado Host Analytics Budget, a ferramenta passou a apoiar um processo de colaboração em tempo real na formação da base de dados e o acesso móvel que a equipe precisava.

Agora os usuários conseguem criar, editar e visualizar dados de negócios em tempo real, além de gerar relatórios por meio do browser, que mostra ao usuário as coisas que ele pode realizar na ferramenta de acordo com seu nível de autorização. O pacote recebe dados de orçamento automaticamente do ERP da companhia e pode ser exportado para o formato de planilha, se necessário, para que usuários consigam compartilhar informações com seus colegas. O preço da ferramenta se inicia em 250 dólares por mês.

FONTE: Por Computerworld/EUA

cofre_digital1

Posted in:

Deixe uma resposta