Certificação Digital: Microsoft desiste de homologar Outlook e Office no ITI

A Microsoft, que entrou com o pedido, em 2008, de certificação do Office 2007 e do Outlook 2003, no Laboratório de Ensaios e Auditoria (LEA), instituição responsável pela homologação de produtos do Instituto de Tecnologia da Informação, desistiu do processo porque houve a insistência para a abertura do código-fonte do windows. Em troca, solicitou a homologação do assinador digital, o SignFlow, desenvolvido pela UNESP, mas até o momento, essa certificação também não foi concedida.

“O SignFlow foi desenvolvido na plataforma aberta e não há qualquer problema de abrirmos o código-fonte. No caso do Office e do Outlook há regras mundiais da Microsoft para serem cumpridas. Desistimos então do processo com eles, mas não da homologação Tanto que abrimos um novo para o produto, desenvolvido pela Universidade Estadual Paulista, e com a parceria do Serasa”, afirmou o gerente de estratégias de mercado da Microsoft Brasil, Roberto Prado.

O Signflow foi lançado no ano passado. O software, criado em Open XML,consegue fazer a associação da assinatura digital de uma pessoa a determinado perfil, retendo informações pessoais como endereço ou profissão e pode ser usado em transações comerciais que demandam autenticação de assinaturas em documentos eletrônicos.

Em novembro do ano passado, a Microsoft e o ITI assinaram um acordo de cooperação técnica com a Microsoft, no qual a empresa voltará a inserir em seu sistema operacional Windows e no browser de navegação Internet Explorer, além de outros software, os certificados emitidos pela Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira. O acerto terá validade de três anos.

Fonte: Convergência Digital

Posted in:

Deixe uma resposta