Arrojada atuação de MT no projeto da NF-e é reconhecida em evento nacional

Mato Grosso contribuiu com 35 milhões de notas fiscais emitidas de 2006 a 9 de maio de 2010. 
 
A arrojada atuação de Mato Grosso no processo de implementação da Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) foi enaltecida, na última semana, pelo secretário de Fazenda da Bahia, Carlos Martins, durante o evento “Fisco Digital a Serviço da Sociedade”, em Salvador (BA).

Mato Grosso foi representado, na ocasião, pelo líder do projeto da NF-e no Estado, o fiscal de tributos estaduais Jobson Oscar Bottós, que recebeu uma placa comemorativa ao marco de 1 bilhão de notas eletrônicas autorizadas no país desde 2006.

Mato Grosso contribuiu com 35 milhões de notas fiscais emitidas de 2006 a 9 de maio de 2010. No Estado, há 17.960 contribuintes do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços obrigados a utilizar a NF-e.

“O secretário de Fazenda da Bahia destacou a importância da participação de todos, agradeceu à equipe técnica pelo profissionalismo na condução do projeto, enalteceu as qualidades e responsabilidades de todos, dando destaque especial aos Estados participantes, em especial a Mato Grosso, que, com seu arrojo e determinação, tem contribuído substancialmente na massificação do processo de obrigatoriedade de emissão de NF-e”, descreve Jobson.

 Receberam também as placas os representantes técnicos e líderes de projeto nas respectivas Secretarias de Fazenda do Rio Grande do Sul, Maranhão e Goiás. O evento teve a participação de representantes da Sefaz da Bahia, do Conselho Regional de Contabilidade (CRC-BA), do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis (Sescap-BA), Associação Comercial da Bahia, Receita Federal do Brasil, Federação das Indústrias da Bahia, de diversas entidades representativas dos contribuintes e de representantes técnicos das Secretarias de Fazenda componentes do Grupo Técnico/XML/NF-e do Encontro Nacional dos Administradores Tributários Estaduais (Encat).
 
Fonte: ExpressoMT

Deixe uma resposta