Gartner: segurança é um problema de gestão

Estudo realizado pelo Gartner estima que em 2012 cerca de 80% das empresas globais irão empregar 40% do orçamento de TI em tecnologias que hoje ainda não utilizam.

Com a apresentação de tais dados, o vice-presidente de pesquisa para a América Latina do Gartner, Cassio Dreyfuss, palestrante do 3° Fórum de TI Banrisul, que acontece esta semana em Porto Alegre, questionou como prever o controle de riscos referentes a tecnologias que ainda nem são conhecidas.

“Aliada às novas tecnologias, a segurança é um problema da área de gestão e não da de tecnologia. O nível que se exige de segurança está relacionado ao investimento realizado”, destacou o executivo. “Já pagamos o mico de camuflar investimentos de segurança no orçamento de TI, senão não conseguimos aprovação do gestor”, complementou.

Ainda de acordo com a pesquisa do instituto, podem ser elencadas 10 tecnologias transformadoras dos projetos de TI para os próximos anos: computação em nuvem, análise avançada, computação cliente, TI verde empresarial, evolução do CPD, computação social, monitoração de atividades para efeitos de segurança, memória flash, virtualização de alta disponibilidade e aplicações de mobilidade.

“O ponto em comum entre a maioria das soluções transformadoras está na cloud computing e na web. É preciso ver a internet como um único e gigante computador, no futuro todos os negócios estarão lá”, advertiu Dreyfuss.

O executivo ainda citou ações que, acredita, serão fundamentais nas estratégias corporativas, como trazer a visão de negócios para a TI, refletir as novas tecnologias já na arquitetura, aplicar a governança de TI, decidir a respeito de tecnologias, além de efetuar a gestão de demanda e de serviços e de inovação.

Fonte: Portal Baguete

Posted in:

Deixe uma resposta