Gartner: cloud computing é principal prioridade de CIOs brasileiros

No Brasil, o principal item na lista de prioridades tecnológicas do CIO é o cloud computing (computação em nuvem). Enquanto que, no resto do mundo, esse tema aparece em segundo lugar no ranking de preocupações dos gestores de TI – atrás apenas de virtualização. A constatação faz parte de um estudo global do Gartner e para o qual foram ouvidos 1.586 decisores da área de tecnologia da informação de 41 países.

A preocupação dos executivos brasileiros com cloud computing pode ser justificada pelo cenário econômico aquecido no País, na visão da vice-presidente do programa executivo do Gartner, Ione Coco. “Hoje o mundo inteiro está de olho no Brasil e existe uma pressão para que o CIO local traga respostas que acompanhem o crescimento esperado das empresas”, analisa Ione, que acrescenta: “E o cloud [computing] garante a flexibilidade para responder mais rapidamente às demandas do negócio.”

A especialista pondera, no entanto, que o conceito de cloud computing ainda não está maduro. Como resultado, as empresas terão de esperar algum tempo para colher os benefícios prometidos por esse modelo, em especial, quanto à possibilidade de adequar, de forma rápida, as aplicações contratadas às demandas do negócio.

Ainda em relação ao estudo, no Brasil, o BI (Business Intelligence) aparece em segundo lugar no ranking de prioridades dos CIOs. “No resto do mundo, esse tema está em quinta posição”, destaca a vice-presidente Gartner. A resposta à demanda específica no País, segundo ela, também tem relação com o crescimento esperado das empresas locais, o que vai demanda dados analíticos para a tomada de decisões que impactem no aumento da receita.

Prioridades tecnológicas do CIO no Brasil

1.    Cloud computing
2.    Business Intelligence
3.    Virtualização
4.    Web 2.0
5.    Gestão de TI
6.    Mobilidade
7.    Soluções orientadas a serviço
8.    Networking
9.    Business Process Management
10.    Aplicações corporativas

Fonte: Gartner

Posted in:

Deixe uma resposta