Apenas 25% das empresas obrigadas a emitir NFe já possuem certificado digital

Por exigência do governo federal, a partir desta quinta-feira, 01/04, 240 mil empresas brasileiras ficam obrigadas a emitir a nota fiscal eletrônica (NFe). Um dos insumos básicos para isso é o certificado digital. Mas apenas 25% dessas companhias já possuem o novo documento eletrônico. O dado foi divulgado nesta quarta-feira, 31/03, durante evento de inauguração da primeira Megastore de emissão de certificados digitais da Serasa Experian.

Igor Rocha, presidente de negócios de Identidade Digital da Serasa Experian, revela que este foi, inclusive, um dos fatores que motivou a abertura do espaço para emissão de certificados. Ele destaca duas grandes necessidades que precisam ser atendidas pela empresa de imediato.

“Temos o universo de empresas que precisam emitir NFe a partir do dia 01 de abril. São cerca de 240 mil empresas, das quais apenas aproximadamente 25% providenciaram o certificado até agora”, revela. Rocha lembra que até o final de 2010 serão 580 segmentos industriais com demanda pelo certificado.

“É um movimento orquestrado desde 2008. Em 2009, eram 54 segmentos e o número crescerá mais de 10 vezes até o fim deste ano”, contabiliza. Segundo Rocha, tradicionalmente o índice de adesão dentro do prazo estabelecido das empresas brasileiras gira em torno de 30% a 40%.

No caso do certificado digital o número foi menor. “O grande número de segmentos pode estar gerando uma dificuldade para o empresário identificar a obrigatoriedade em seu negócio”, analisa.

Ricardo Loureiro, presidente da Serasa Experian, lembra que, em 2010, cerca de 600 mil empresas terão de emitir eletronicamente suas notas fiscais de mercadorias – e cerca de 1,4 milhão precisarão entregar suas declarações com certificação digital.

“A nova megastore está estruturada para emitir cerca de 40 mil certificados por mês”, afirma, lembrando que a Serasa já possuía a infraestrutura para atender à demanda por emissões.

“A decisão pela abertura desta nova loja é a facilidade de acesso para o cliente, já que há a o requisito legal de validação presencial para a emissão do Certificado Digital”, garante ainda o executivo.

A nova unidade se soma aos cerca de 100 endereços para emissão de certificados que a Serasa Experian, maior autoridade certificadora no Brasil, oferece em todo o país. Com a megastore, a empresa passa a contar com uma estrutura de 800 pessoas envolvidas diretamente no processo de emissão, com capacidade para a emissão de 200 mil certificados por mês.

Segundo a Serasa Experian, a emissão de certificados para emissão de NFe e entrega de declarações aumentou 300% no primeiro trimestre de 2010 ante o mesmo período de 2009.

“Este ano, só na primeira leva, são 240 segmentos industriais, de todos os portes. Haverá uma segunda leva, a partir de julho, e a terceira, a partir de outubro, totalizando aproximadamente 600 mil empresas”, reforça Rocha.

A outra grande demanda a que Rocha fez menção está associada às empresas que precisam entregar suas declarações à Receita Federal com certificado digital – lucro real, arbitrado ou presumido. “São cerca de 1,4 milhão de empresas, que têm prazo até junho para fazer a entrega. E até agora apenas 15% delas tiraram o certificado”, contabiliza.

Nesse universo, de acordo com a Serasa Experian, a emissão cresceu 430% nos três primeiros meses do ano, na comparação com o mesmo período de 2009. No ano passado a exigência valia para empresas que declaram com base em lucro real e presumido – não atingia o lucro presumido.

A primeira megastore da Serasa Experian está localizada na rua Brigadeiro Faria Lima, 1.461, no bairro de Pinheiros, na capital paulista. E funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, e aos sábados, das 8h às 12h. O atendimento deve ser agendado com antecedência pela internet. Mais informações estão disponíveis em http://loja.certificadodigital.com.br/serasa.

Fonte: Convergência Digital

Deixe uma resposta