Antivírus falsos já representam 15% dos malwares

Um estudo divulgado pelo Google nesta terça-feira, 27/04, mostra que os antivírus falsos representam 15% de todos os malwares que o gigante das buscas detectou em sites. A análise foi conduzida durante 13 meses, entre janeiro de 2009 e fevereiro de 2010. Segundo o site Cnet.news, trata-se de um número cinco vezes maior desde que a companhia iniciou a análise.

Os software de segurança falsos também representam metade de todos os malwares enviados via propagandas –algo que está se tornando um problema para sites de alta reputação, no sentido de distribuir propagandas que não contenham códigos maliciosos. Foram analisadas 240 milhões de páginas e encontrados mais de 11 mil domínios envolvendo antivírus falsos.

Os pesquisadores também descobriram que os códigos maliciosos ficavam disponíveis em endereços por curtos períodos de tempo, devido a tecnologias de segurança de navegação (que alertam usuários quando eles estão em um site mal-intencionado).

Fonte: Convergência Digital

Posted in:

Deixe uma resposta