Produtores de grãos vão usar nota eletrônica

A Secretaria da Fazenda vai lançar no dia 15 deste mês a Nota Fiscal Eletrônica Avulsa para os produtores de grãos (arroz, soja, sorgo, milho e feijão). O documento fiscal será exigido na comercialização interna e externa dos produtos e deverá ser obtido nas Agenfas e Delegacias Regionais de Fiscalização, por aproximadamente 800 produtores rurais credenciados.

Pelos cálculos da Gerência de Informações Econômico-Fiscais, serão emitidas aproximadamente 5 mil notas eletrônicas avulsas por mês pelos contribuintes goianos. A nota já foi apresentada à Federação da Agricultura de Goiás. Até o fim do ano será possível, pelos cálculos da Secretaria, a emissão do documento pela internet, no computador pessoal do produtor ou de seu contador.

Em Goiás, outros 6.724 contribuintes da indústria serão obrigados a emitir a nota eletrônica em 1º de abril por exigência do Conselho Nacional de Política Fazendária – Confaz. A exigência vai atingir mais de 200 segmentos da economia e será adotada em todo o País. Na lista estão empresas de abate de aves e pequenos animais, frigoríficos, fabricantes de óleos vegetais, sorvetes, laticínios, massas alimentícias, produtos farmoquímicos, medicamentos para uso veterinário, equipamentos de informática e aparelhos telefônicos, entre outros. A relação completa está no site da Secretaria www.sefaz.go.gov.br, no portal NF-e “Consulta Obrigatoriedade dos Contribuintes Goianos” e poderá ser acessada com o uso apenas da inscrição estadual da empresa.

Fonte: Goiás Agora

Deixe uma resposta