Seculus conclui a implantação das três vertentes do SPED

No mercado relojoeiro há 20 anos, a Seculus da Amazônia Indústria e Comércio ganhou mais agilidade nos processos das áreas comercial, contábil e fiscal após a implantação do projeto SPED (Sistema Público de Escrituração Digital) completo: NF-e, ECD (Escrituração Contábil Digital) e EFD (Escrituração Fiscal Digital).

Para tanto, a empresa escolheu como parceira a NFe do Brasil, do grupo TBA, que, com sua equipe de profissionais especializados, avaliou o cenário e propôs a solução mais adequada para suprir a demanda da Seculus por melhor controle das informações e facilidade na gestão dos processos.

“Mesmo com um projeto que precisava mexer com diversas áreas da empresa e integrar vários sistemas de gestão, conseguimos atender as obrigatoriedades satisfatoriamente”, comenta Guilherme Assumpção, gerente tributário do Grupo Seculus.

A Seculus, que emite um volume mensal de 12 mil notas, cumpriu todos os prazos determinados pela Receita Federal: em junho concluiu a implantação do SPED Contábil e em setembro, a adoção do SPED Fiscal e da NF-e.

No caso da NF-e a solução adotada foi a NF-e Completa, que inclui software, hardware (com HSM) e sistemas de armazenamento de dados (storage) e é comercializada por pacotes de serviços.

A solução integra a NF-e com qualquer plataforma de ERP, sistema fiscal e banco de dados e funciona com os sistemas operacionais Windows e Linux. Ela envia para a Secretaria da Fazenda o arquivo XML através de WebService, controla todas as operações e log de processos, gerencia a impressão do DANFE e do boleto de cobrança. Além disso, é de fácil manuseio e assina os documentos digitalmente.

O Grupo Seculus opera há 49 anos no mercado e tem como principais atividades a produção, distribuição e gestão de marcas de relógios de pulso nacionais e internacionais.

Fonte: TI Inside

 

 

Deixe uma resposta